Acessar versão desktop

MODA

ACESSÓRIO

BEAUTÉ

LIFESTYLE

BLOGS

MARGOT STREET

Carta sincera a 2017

Instagram

28 / 12/ 2016: 

 By Bruna Schneider

Olá, 2017. Sei que ainda não te conheço, mas já te considero pacas. Esta consideração vem após um período não muito fácil, mais conhecido como 2016. Pode ser uma mania chata de achar que os anos têm culpa de alguma coisa – na verdade não têm, mas é muito mais fácil culpa-los do que fazer um mea culpa.

Esse ano foi um ano de muitas mudanças. Na minha vida foram várias: mudança de casa, cidade, emprego, formação… No mundo, então, foram mais ainda. Perdemos muitas pessoas queridas, vivenciamos grandes surpresas, aguentamos muitas marimbas e, bom, chegamos firmes e fortes (?) agora ao final.

Mas, como todos os anos, eu tento pensar que o ciclo que está se fechando serviu de aprendizado. Como tudo na vida. As mudanças que aconteceram nos deixaram mais fortes e com mais esperança. Eu acredito que a sua chegada, 2017, seja sinônimo de um respiro que estamos precisando. Pode ser só uma data simbólica organizada por um povo antigo que não faço ideia de quem seja e tô cansada para procurar no Google. Mas a cada início de ano a nossa energia se renova, a nossa esperança ganha fôlego, começamos tudo mais fortes e mais otimistas – pelo menos um pouco.

Então, 2017. Mesmo eu sabendo que você não será o responsável por fazer as coisas mudarem, acredito em você para ser palco de um período de coisas melhores, de coisas mais felizes do que aconteceram nos últimos meses. Que você veja as minhas metas sendo alcançadas e que você possa ser, na medida do possível, generoso com todo mundo.

Eu acredito em ti. Acredita na gente.

Tina-Fey-giving-herself-high-five



SEJA NOSSA AMIGA!

FAÇA O CADASTRO NA TUA REVISTA DIGITAL FAVORITA E FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES E SORTEIOS!


Instagram

Comentários

0

Comente

Você vai gostar também:

  • Eu preciso fazer alguma coisa. Por quê?Eu preciso fazer alguma coisa. Por quê? Acredito que um dos maiores pânicos que podemos ter na casa dos 20/30 anos é a sensação de estar apenas "sobrevivendo". Digo "sobrevivendo" como um verbo que explica o […]
  • Foca na fé que 2016 vai ser melhor sim!Foca na fé que 2016 vai ser melhor sim! Todo final de ano é a mesma coisa: enquanto você ouve algum axé do verão, pula algumas ondas e vê os fogos de artifício (que na verdade só fazem barulho e nada mais), o […]
  • É realmente tão ruim criar expectativas?É realmente tão ruim criar expectativas? Ano acabando e a gente começa a pensar nos próximos 365 dias. Dezembro costuma ser o mês ideal para planejar novos ciclos, renovar esperança, acreditar no futuro. […]

topo

NÃO, OBRIGADO.