MODA

ACESSÓRIO

BEAUTÉ

LIFESTYLE

BLOGS

MARGOT STREET

Conheça Madame Sher, a criadora dos corsets que diminuem a cintura

Instagram

25 / 01/ 2016: 

 By Kelly Amado

Hoje o post por aqui é bem especial, com entrevista exclusiva da Madame Sher respondendo às maiores dúvidas dos leitores sobre corset e tight lacing. Há muitos e muitos anos nesse negócio, a Sher entende muito do assunto, então é a melhor fonte de conselhos para quem quer entrar para o mundo mágico dos corsets que diminuem a cintura e para quem quer entender melhor a técnica do tight lacing/waist training. Depois desse post, sua busca por uma silhueta mais afinada vai ficar muito mais tranquila! Espia as respostas para as perguntas feitas pelos participantes do grupo Tight Lacing e Fitness no Facebook:

 

Margot Magazine –  O que levou você a fazer corsets e em quem você se inspirou (e se inspira) pra isso?

Madame Sher – Minha paixão pelas curvas femininas e admiração pela alta-costura vêm de berço, pois minha mãe era modelista especializada em vestidos de festa e alfaiataria feminina. Aos 11 anos de idade eu já queria usar peças para deixar a cintura moldada por baixo dos vestidos longos, então minha mãe saiu comigo em busca de uma cinta. Fiquei feliz a princípio, mas em poucas semanas de uso a peça deformou, então eu desisti da ideia. Quando tive acesso à internet em 1998, descobri que na Europa poucos artesões ainda mantinham viva a arte da Corseteria clássica e que era possível ter algo muito melhor que uma cinta, porém os preços não estavam dentro da minha realidade familiar. Com o passar dos meses fui absorvendo referências estéticas do que via principalmente na cena alternativa gótica londrina e comecei a compartilhar essas informações com a minha mãe, então começamos a desenvolver nosso próprio método, já que aqui no Brasil não existia nem tecido nem ferragem adequada para fazer espartilhos. Como não existe coutil no Brasil, o jeito era compensar fazendo corsets em várias camadas reforçadas de tecido, e como não existia busk nós costurávamos os fechos manualmente ao lado das barbatanas, tarefa pesada mas que dava um caimento bem próximo ao desejado e nunca visto no mercado.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-8

Sher com uma de suas criações.

Margot – Como você obteve conhecimento para fabricar corsets com tanta qualidade?
Sher – Eu sou um tanto obsessiva quando me interesso por um assunto. Quando comecei não existia material sobre Corseteria na internet e as poucas informações disponíveis estavam em Inglês, que eu não falava na época. No começo muita coisa foi de criatividade mesmo, de fazer testes e observar o que dava certo. Claro que nada disso teria sido possível sem a experiência prévia da minha mãe em confecção. Ela já era excelente profissional e com uma criatividade impressionante, então fazia o máximo de proveito das referências que eu passava para ela. Para vocês terem ideia do talento dela, quando tinha 7 anos de idade minha vó a deixou sozinha em casa e quando voltou minha mãe tinha desmanchado uma camisa do irmão, cortado outra com o tecido de um lençol de cama e costurado as duas novamente a mão! A qualidade do trabalho da nossa empresa é uma união de talentos. Eu desde sempre cuidei da pesquisa e design, e ela da confecção.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-15

Coleção The Front Ladies, da Madame Sher.

Margot – Quando foi o seu primeiro contato com o Tight Lacing?
Sher – Quando eu consegui fazer o primeiro corset de verdade, estava tão empolgada que usava em todas as festas que ia e percebi que só isso foi o suficiente para reduzir minha cintura ao tamanho que eu tinha na adolescência. Quando comecei a comercializar espartilhos percebi a demanda de mulheres interessadas em usar a peça para reduzir medidas e me senti na obrigação de pesquisar mais a respeito e testar no meu corpo para poder passar informações em primeira mão e poder comercializar as peças de forma responsável.
Apesar de adorar as curvas dramáticas que o corset dá ao corpo, estava satisfeita com o efeito temporário da peça, não tinha especial interesse em modificar drasticamente o corpo.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-5

Foco nos 55 cm!

Margot – Você ainda faz o treino de tight lacing ou apenas usa esporadicamente para manter? Quantos cm você possuía antes do treino e quantas horas usava?
Sher – Atualmente uso apenas como peça fashion quando o visual pede. Há anos que não consigo retomar o treino, pois acabei entrando numa rotina meio sedentária e tenho histórico de problemas circulatórios na família, então para praticar Waist Training no meu perfil e idade é necessário estar fazendo bastante exercício aeróbico também, o que estou retomando aos poucos. Não retomo o treino com corset antes de conseguir fazer os 300 abdominais diários e por enquanto consigo só 180 livres.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-13

Sher não abre mão das peças que ressaltam as curvas femininas. Linda!

Margot – Qual a diferença de corselet, cinta e corset?
Sher – O corselet é uma peça que surgiu para substituir o espartilho original em decorrência da indisponibilidade de aço no mercado e do surgimento de fibras elásticas. Era uma versão light e moderna dos corsets antigos e estava restrito ao mercado de lingerie. Hoje em dia não existem apenas os corselets de lingerie, mas também corselets para uso fashion com tecidos de festa, porém eles geralmente tem barbatanas de plástico, ou mesmo de metal, porém em menor quantidade. Pode ter amarração nas costas ou não.
O corset é o espartilho original, feito prioritariamente em tecido plano (sem elasticidade) e estruturado para modelar o corpo de forma mais expressiva. Isso é atingido através da combinação de múltiplos painéis sustentado por barbatanas metálicas e ajustados por amarração feita com cordas e ilhóses.
A cinta é uma evolução do corselet, com tecidos de maior tração elástica, porém que se destina a ser usado exclusivamente por baixo da roupa para dar suporte lombar e/ou abdominal.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-12

Gisele Bündchen com corset da Madame Sher em comercial da Sky.

Margot – O corset cede como o tempo?
Sher – O corset não cede com o tempo. Para ser absolutamente precisa, o que cede é muito pouco para ser considerado. A peça ganha pouquíssimos centímetros com o uso, decorrente do esticamento do tecido quando sofre tração no corpo.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-3

Meu queridinho da Madame Sher!

Margot – É possível reduzir até quantos centímetros de cintura em média com o primeiro corset?
Sher – Afirmo desde o começo de que qualquer previsão de redução é exercício de adivinhação, pois cada corpo tem uma constituição e reage de uma forma ao treino. É possível em alguns casos perder até 10 centímetros com a primeira peça, mas isso não deve de forma alguma ser colocada como objetivo.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-4

Foco nos objetivos! Fazer exercícios é essencial para quem quer uma cintura fininha!

Margot – Qual a medida mais extrema de um corset feito por você?
Sher – Acho que 42 cm de cintura ou 44 cm, não lembro exatamente.

 

Margot – Existe alguma dica sobre como obter reduções extremas? Depois de conseguir, como mantê-las?
Sher – Bom, já é sabido que eu sou contra reduções extremas de cintura, além de não ser saudável o corpo não tem como mantê-las sem o uso constante do espartilho.
É importante separar reduções consideráveis, porém humanamente possíveis de manutenção sem tortura, de reduções extremas. Estou interpretando aqui a palavra extremo como o praticado nos Estados Unidos, por exemplo, onde existe essa cultura de competição que deu origem ao Guinness Book.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-6

Sophia Abrahão usando modelo Ursula Thiess.

Margot – É possível modelar aquela gordurinha das costas logo acima do glúteo com o corset?
Sher – Sim, é possível moldar o tecido adiposo da região dos flancos com o espartilho. Quem tem pouco consegue modelar até com um Ribbon um pouco mais alongado, mas quem tem grande concentração deve optar por um Underbust tradicional ou Waist Cincher de modelagem vertical, porém alongado como um Underbust.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-10

Izabel Goulart usando Madame Sher no Risqué Dream Fashion Show.

Margot – Você já confeccionou corsets para homens, certo? O público é expressivo? O que muda nos corsets masculinos?
Sher – Sim, muitos ao longo dos anos, porém não diria que o público é expressivo.
Geralmente a ossatura é mais densa e cede menos, então a peça pode necessitar de reforços extras. O corpo masculino geralmente tem o quadril mais estreito e a caixa torácica mais aberta, a parte inferior do corset é sempre mais curta para não machucar o púbis ao sentar. A modelagem é feita de forma a contemplar essas diferenças anatômicas.

 

Margot – Tight Lacing pode causar infertilidade?
Sher – O Waist Training e/ou Tight Lacing não causa infertilidade, mas treinos extremos sem a prática de exercícios de Kegel podem enfraquecer a musculatura do assoalho pélvico, principalmente em mulheres após os 30 anos, o que aumenta o risco do corpo não suportar o peso do bebê nos estágios avançados da gravidez, obrigando a mulher a passar o final da gestação de cama. Esse é um dos motivos que me fazem não recomendar mudanças muito radicais no corpo.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-11

Gisele Bündchen para Sky.

Margot – O TL pode, de alguma forma, prejudicar a respiração durante o sono? Ainda sobre o assunto: o corset pode afetar a capacidade respiratória de pessoas que praticam esportes de grande exaustão e esforço físico?
Sher – Se ajustado de forma excessiva, sim. O ideal é que o corset seja sempre usado largo no tórax durante o sono.
Um treino saudável de 8-10 horas, por exemplo, não trará prejuízo à capacidade respiratória do atleta, a menos que a modelagem seja ruim e feita com reduções irresponsáveis na região torácica.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-14

Gisele Bündchen com corset da Madame Sher em comercial da Sky.

Margot – O uso do corset, pelo reposicionamento de órgãos, pode interferir gravemente em quem tem problemas como gastrite, bronquite ou até mesmo prejudicar no período menstrual por conta da pressão aplicada?
Sher – O reposicionamento dos órgãos causado pelo corset é muito inferior ao causado nos estágios mais avançados de gestação. Não chega a prejudicar a menstruação, mas pode causar refluxo em quem tem gastrite ou hérnia de hiato. Já em relação a bronquite, deve ser avaliado caso a caso.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-1

Modelo overbust: perfeito para quem quer usar apenas por estética e não para fazer modificações corporais

Margot – Pessoas com problemas na coluna como escoliose ou lordose podem usar corset normalmente?
Sher – Depende do grau do problema, só um profissional de ortopedia pode avaliar os riscos e benefícios e fazer a indicação de exercícios para reabilitar a região.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-7

Lucy Ramos vestindo Madame Sher na edição de Natal da revista Glamour.

Margot – Existe algum problema em começar a fazer o TL já na adolescência?
Sher – Existem sim riscos, principalmente no início da adolescência. Para esse perfil recomendamos peças que trabalhem apenas o tecido adiposo mas que não tenha grande impacto na ossatura pois ela está em desenvolvimento.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-2

Foco no tight lacing!

Margot – Para finalizar, alguma dica preciosa para os iniciantes?
Sher – Sim: parar de olhar o corpo de “musas de Instagram”. A maioria absoluta altera a cintura usando programas de edição (do tipo Photoshop). Vivemos um período de competição estética histérica e neurótica.
É aceitável se dedicar para que seu corpo possa atingir o melhor formato que pode ter, mas não queira transformá-lo no corpo de outra pessoa.

corsets-que-diminuem-a-cintura-madame-sher-9

Isabeli Fontana usando Madame Sher no Risqué Dream Fashion Show.

Fotos: Reprodução/Web

 

instagram.com/margotmagazine

 

 





SEJA NOSSA AMIGA!

FAÇA O CADASTRO NA TUA REVISTA DIGITAL FAVORITA E FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES E SORTEIOS!


Instagram

Comentários

1

Um comentário em “Conheça Madame Sher, a criadora dos corsets que diminuem a cintura”

  1. Sou apaixonado por todos os corsets da madame sher. Porém criadora… ai ja forçou a barra. Ela pode ter desenvolvido uma técnica diferenciada e modelos para os dias atuais (fantasticos por sinal). Os corsets foram criados no sec. XVI se nao me engano. Ja com a finalidade de manter a postura e reduzir a cintura. De todos os corsets q eu ja vi, a modelagem da sher esta no topo da minha lista. São impecáveis e de um tremendo resultado. Conheco mtas pessoas q usam.

Você vai gostar também:

topo

NÃO, OBRIGADO.