Acessar versão desktop

MODA

ACESSÓRIO

BEAUTÉ

LIFESTYLE

BLOGS

MARGOT STREET

A moda com propósito da 44ª edição do São Paulo Fashion Week

Margotmagazine avaliações no TrustedCompany.com Instagram

08 / 09/ 2017 em: 

 DesfilesModa ; By Ju Scchneider

Na semana que passou, mais exatamente entre os dias 27 e 31 de agosto, aconteceu a 44ªedição do São Paulo Fashion Week. A semana de moda brasileira, que sofre as consequências da crise que assombra a economia brasileira, mostrou que ainda respiramos e que há uma luz no fim do túnel para o mercado fashion daqui.

 

Confesso que já não me empolga saber que a semana de moda daqui vai acontecer. Vivi os tempos áureos de bienal, quando a gente corria de uma sala de desfile para a outra, pois eram tantas marcas que o pessoal tinha que desdobrar para conseguir estar presente nas principais apresentações. Vivi o tempo de 4 salas de desfile. Vi nomes de peso fazerem aquele lugar ferver em uma semana de moda intensa e de aposta certeira de patrocinadores. Eu não estava lá nesta edição, mas li tanta coisa. Li que o evento “respira por aparelhos”. E, isso entristece os apaixonados, como eu. A última vez que estive lá, há dois anos, senti que o nosso SPFW já não era mais o mesmo. Muita gente querendo dar pinta, e pouca gente pensando a moda de verdade. Muito carão e pouco conteúdo.

 

Mas ainda temos Ronaldo Fraga e a Lab que fazem nossas veias pulsarem. Sabe porque Ronaldo é aplaudido de pé em todos os seus desfiles? Suas apresentações sempre têm uma mensagem que vai além da roupa que atravessa a passarela. Sabe porque a Lab, do rapper Emicida e do seu irmão Fioti se tornou o desfile mais disputado da temporada em sua terceira apresentação em SPFW? Eles trazem muito mais que apenas roupas para a passarela.

 

Judite sua linda! #aspraiasdesertascontinuamesperandopornosdois #SPFWN44 Photo: @telma_terra

Uma publicação compartilhada por Ronaldo Fraga (@fragaronaldo) em

Hoje não compramos mais roupas, compramos identidade. Mais do que nunca a roupa fala de nós, é nossa segunda pele. E, tudo que aquela roupa carrega, seja conceito, história, objetivos a gente carrega junto. A moda precisa ter propósito. Não queremos mais ser simples cabides. Queremos voz. E, essas duas marcas sabem fazer isto como ninguém. Ronaldo, sempre Ronaldo. Emocionante na delicadeza com que aborda os temas, o mineiro trouxe uma praia para sua passarela nesta edição, e com ela, a variedade e a beleza dos corpos de gente de verdade em uma moda praia linda de viver. Já a Lab, que eu tive a felicidade de acompanhar ao vivo via instagram (coisa dos céus entrar bem na hora que o desfile iria começar), trouxe seu clamor de forma mais agressiva e não menos emocionante. A batida e o peso da letra do rap ao vivo, os diferentes corpos, a beleza do negro em uma coleção praticamente unissex, inspirada em pássaros e intitulada “Avuá”, deu um nó na garganta de todo mundo que pode acompanhar.

 

#laboratoriofantasma incrível muito orgulho @fiotioficial Bjos.

Uma publicação compartilhada por elianedias_ (@elianedias_) em

 

 

Resumindo, é isso que a gente quer. Queremos que nossa segunda pele tenha um propósito. Fale de nós, fale de nossos sentimentos e de como queremos o mundo em que vivemos. Estamos exaustos de padrões. E, pela reação das pessoas, esse parece ser o futuro que a moda deva seguir.

 



SEJA NOSSA AMIGA!

FAÇA O CADASTRO NA TUA REVISTA DIGITAL FAVORITA E FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES E SORTEIOS!


Margotmagazine avaliações no TrustedCompany.com Instagram

Comentários

0

Comente

Você vai gostar também: