Acessar versão desktop

MODA

ACESSÓRIO

BEAUTÉ

LIFESTYLE

BLOGS

MARGOT STREET

About Christmas: o vendedor de moranguinhos

Margotmagazine avaliações no TrustedCompany.com Instagram

24 / 12/ 2015: 

 By Marcela Brown

vendedor de moranguinhos

O 25 de dezembro se aproxima e, com ele, nossos sentidos parecem, ou pelo menos deveriam, se aguçar. Embora os verdadeiros valores que contemplam esta época nem sempre sejam exaltados – digamos que, de modo geral, eles sequer são lembrados –, é tempo, sim, de desejar, agradecer, agir com reciprocidade. Em meio a essa atmosfera, compartilho um episódio que vivi há alguns dias. Diz respeito a um vendedor de moranguinhos. Lá estava o menino, no sinal fechado, e o canteiro da avenida a abrigar um cartaz: quatro caixas por cinco reais.

 

O primeiro a parar no semáforo foi um taxista. O rapaz de indumentária em frangalhos aproximou-se com desenvoltura do táxi, munido de dois kits, contendo quatro caixas de morangos cada um. O motorista negou com a cabeça, fechou o vidro, mas o pivete risonho gesticulou, para que lhe deixasse falar. Com traquejo pessoal e intransferível, a figura consolidou a venda em segundos, partindo em minha direção.

 

Com outro kit em mãos, me pediu a palavra. Abri o vidro e disparei: “Eu não quero, obrigada”. Ele não se deixou intimidar, pedindo que eu lhe desse apenas 30 segundos: “Moça, tu não conhece o poder do morango. Faz bem pra pele, tem um alto potencial rejuvenecedor. Suco de morango combate as celulites, varizes e ainda emagrece, previne até resfriado. Tu sofre de TPM e estresse, né? Comer morango acaba com tudo isso, está comprovado. Não te convenci? Olha bem, moça, os meus morangos combinam até com o teu carro, que é vermelho.” O sinal abre. “Me dá três kits desses, pelo amor de Deus!”, supliquei, com o dinheiro na mão, e arranquei, estarrecida.
Não voltei a topar com o menino em avenida alguma, nem tampouco a comprar morangos. Só o vi uma vez, mas desejo que ele tenha uma vida feliz, que se valha do seu talento de vender moranguinhos para almejar, ainda na infância, uma vida adulta mais próspera. Esse é meu pedido de Natal. E, se pudesse desejar algo mais, adoraria descobrir o que aquela ávida criança teria dito ao taxista à minha frente. Ah, se a curiosidade matasse…

 

Texto originalmente publicado na coluna de opinião do Jornal NH do dia 18.12.2010

 

Imagem: Pinterest/Reprodução



SEJA NOSSA AMIGA!

FAÇA O CADASTRO NA TUA REVISTA DIGITAL FAVORITA E FIQUE POR DENTRO DE TODAS AS NOVIDADES E SORTEIOS!


Margotmagazine avaliações no TrustedCompany.com Instagram

Comentários

0

Comente

Você vai gostar também:

  • Uma sociedade (quase) perfeitaUma sociedade (quase) perfeita *** Diretamente do túnel do tempo para o Dia das Mães 2016 *** Contraí uma sociedade indissolúvel. Confesso que as tratativas da negociação são um tanto díspares, mas […]
  • Quem é a Margot na TPM?Quem é a Margot na TPM? É a Marcela. Mas pode ser você, sua amiga, a colega de trabalho, a vizinha, ou a mensagem de voz gratuita. Tanto faz. Mas, por favor, não confunda a alcunha deste […]
  • Britney Spears feelings: achei uma celulite no meu joelhoBritney Spears feelings: achei uma celulite no meu joelho   Poucas coisas podem ser menos aprazíveis do que a celulite. Detesto, repudio, odeio. Admito e assimilo todos os meus preconceitos. Tem manifesto […]